Lançamento

Pesquisar


Pesquisa avançada

Redes Sociais

Visitantes

Temos 665 visitantes e Nenhum membro online

Em bancadas, pisos, paredes externas e internas e até em objetos de decoração, o mármore e o granito são considerados pedras nobres. Produtos minerais – extraídos diretamente da natureza em estado de rochas e posteriormente serrados para serem formadas as lâminas em várias espessuras – essas pedras são utilizadas, cada dia mais, para decorar os ambientes de uma casa.

Em residências, normalmente os granitos são usados para os ambientes de serviço e áreas externas, cabendo ao mármore ocupar as áreas mais nobres da casa. Mas isto não quer dizer que não se possa usar o granito em áreas nobres. Dependendo do material escolhido e do projeto estabelecido pelo arquiteto ou decorador, cria-se ambientes interessantes e harmoniosos.

 

O granito é também bastante indicado para as bancadas da cozinha e do banheiro. Nos pisos externos e bordas de piscina também se pode utilizar o granito, desde que haja um acabamento antiderrapante. Outra dica importante é que os granitos vermelhos e pretos são mais resistentes que os cinzas.

O mármore é um material mais clássico e pode servir de objeto de decoração e destaque em um ambiente. São ideais para piso de salas, halls de entrada de residências, lavabos e banheiros. Mas há algumas restrições. Não deve, por exemplo, ser usado na cozinha, pois sua porosidade faz absorver substâncias com facilidade.

 

Uma das grandes vantagens de utilizar mármore ou granito é que duram para sempre, se aplicados nos locais indicados e bem conservados, o que é bastante fácil.

 

Informações técnicas:          
Mármore é uma rocha metamórfica originada de calcário exposto a altas temperaturas e pressão. Em geologia, chamam-se rochas metamórficas àquelas que são formadas por transformações físicas e químicas sofridas por outras rochas, quando submetidas ao calor e à pressão do interior da Terra, num processo denominado metamorfismo.

Comercialmente são classificados como mármores, todas as rochas carbonáticas capazes de receber polimento. Possuem uma variedade de cores e texturas, estruturas que as tornam bastante valorizadas.

 

O granito é uma rocha ígnea de grão grosseiro, composta essencialmente por quartzo e feldspatos alcalinos. O granito é utilizado como rocha ornamental e na construção civil.

A composição mineralógica dos granitos é definida por associações muito variadas de quartzo, feldspato, micas (biotite e/ou moscovite). 

MÁRMORE OU GRANITO ?

O quadro abaixo mostra a utilização adequada para cada uma destas pedras.

APLICAÇÃO

MATERIAL

Mármore

Granito

COZINHAS

Não deve ser usado, pois sua porosidade o faz absorver substâncias com facilidade.

Indicado principalmente para bancadas. Os vermelhos e pretos são mais resistentes que

os cinza.

BANHEIROS

Sem restrições para bancadas, pisos e paredes.

No piso, deve ser evitado o travertino, muito poroso.

Não deve ser utilizado no piso do boxe.

Indicado principalmente para bancadas.

Os vermelhos e pretos são mais resistentes que

os cinza.

PISO INTERNO E SOLEIRAS INTERNAS

A princípio, não há restrições, embora os mais porosos possam manchar com a umidade do solo, motivo pelo qual devem ser evitados no andar térreo.

Sem restrições, embora seja recomendável impermeabilizar o contrapiso no andar térreo.

PISO EXTERNO, PEITORIS E BORDA DE PISCINA

 

Não deve ser usado, pois a pedra se desgasta com a poluição e chuva ácida.

Recomenda-se apenas que o acabamento seja antiderrapante.

PAREDE INTERNA

Mais indicado, em função de seu menor peso.

Por ser mais pesado, não é muito utilizado.

PAREDE EXTERNA

Não deve ser usado, pois a pedra se desgasta com a poluição e chuva ácida.

A instalação requer, além da argamassa, grampos de aço inox por trás das pedras para sustentar o peso. Os Granitos cinza devem ser evitados.



 

 
Background Color
Background Image